CRÔNICAS DE PARATY: A Padaria Esperança

#8 CRÔNICAS DE PARATY: A Padaria Esperança

Diuner Mello


A Família de Gabriel Gomes Calixto esteve sempre ligada ao comércio, o que aliás era bem comum em Paraty ser esta a ocupação de famílias abastadas, séculos a fora. São inúmeros os lançamentos de impostos imobiliários em nome deste patriarca desde o final do século XIX ao início do século XX. Possuía diversos imóveis na Rua Comendador José Luiz, hoje Rua da Ferraria, o de nº 24 era um quintal, o nº. 26 uma casa térrea e os de número 28 e 29 armazéns. Na Rua Tenente Francisco Antonio, Hoje Rua do Comércio, era proprietário de um sobrado, que serviu por um tempo de Casa de Câmara e Cadeia, depois Loja Maçônica e hoje abriga a Galeria Zoom.

Em uma relação de lançamento de impostos de 1908, consta como proprietário de uma loja de fazendas e em 1910, de uma padaria. Esta padaria, a Padaria Esperança, foi instalada no armazém de nº. 29 da Rua da Ferraria, onde se encontra até hoje em plena atividade, funcionando com o mesmo ramo de negócio. De seu proprietário primeiro, o Sr. Gabriel Gomes Calixto, o negócio passou a seu filho, o Sr. José do Espírito Santo Calixto, conhecido carinhosamente pelo apelido de “Seu Zuzu”, e deste para o seu neto, o Sr. Gilmar Coelho Calixto, que atualmente exerce a gerência da Padaria.

Foto: Gilmar Calixto

A esquina da Padaria Esperança na década de 50.

Da esquerda para direita Hamilton Calixto, Hailson Calixto e Sr. Zuzu.


De tão antigas tradições, é a mais antiga casa comercial de Paraty a funcionar ininterruptamente com a mesma atividade comercial e no mesmo imóvel. Em que pese sua quase secular existência, sempre foi uma referência na cidade em razão da excelente qualidade dos pães, bolos, biscoitos e confeitos que produz, especial e principalmente por manter a tradição de fabricar os doces tradicionais de Paraty como o “massapão”, o “Manuê-de-bacia” e a “brevidade”, entre outros. Centenário é também o excelente biscoito de água e sal, antes chamado de Biscoito “de carretilha” ou “de gordura”.

A afabilidade com que os proprietários sempre trataram seus inúmeros clientes transformou a Padaria Esperança , desde sempre, não só em uma padaria, mas também em um local de encontro e prosa agradável do pessoal da terra.

Paraty, em 27 de maio de 2010.

Diuner Mello

64 visualizações
  • Ícone branco do Facebook
  • Ícone branco do Instagram
  • Branca ícone do YouTube

Contato

© 2020 por Casa da Cultura de Paraty 
Todos os direitos reservados

Tel: +55 24 3371-2800

Email: faleconosco@casadaculturaparaty.org.br

Endereço

R. Dona Geralda, 194

Paraty - RJ - CEP: 23970-000